Pular para o conteúdo principal

Minha entrevista com a Danny Belo


Recentemente fui convidada pela escritora Danny Belo para participar de uma entrevista coletiva entre blogueiros e escritores. Os entrevistados foram eu, Eloísa, Janaína, Johny e Manuela. Danny publicou a entrevista em sua fanpage. Eu gostei tanto do resultado que decidi compartilhar com vocês. Confiram abaixo:

O que motivou você a dar início ao projeto (blog/página)?
No início - quando criei meu primeiro blog - eu não tinha tanto interesse e não imaginava que iria gostar tanto dessa "área". Depois percebi que eu adorava compartilhar meus gostos e decidi criar meu primeiro blog pessoal. Mas quem me motivou mesmo foi uma amiga antiga minha que, na época, havia me convidado pra participar de um fã site sobre crepúsculo. O "17 Years Old Forever" foi meu primeiro amor. Conheci muita gente legal!

Com maior parte do tempo voltada a estudos, emprego, família, ainda assim resta dedicação e esforço para manter blog/página por dentro de tudo e de todos, quais são as maiores dificuldades em meio a todo esse trabalho?
Não sei se sou apenas eu, mas a pior dificuldade que tenho é o bloqueio criativo. Tenho uma lista com várias ideias de post, mas se não houver o "momento perfeito" - em que fico inspirada - não sai um post que eu curta e publique.

Há muito para seguir, porém como você visa à recepção de seu projeto no futuro? O que espera?
Eu espero apenas que meu blog cresça, que eu conheça mais gente legal com os mesmos gostos, que eu possa animar, ajudar e me amigar com outras pessoinhas. E também quero muito que eu consiga aumentar a frequência de postagens.

É normal temos preocupações, e às vezes ser necessário que deixemos nossos hobbies e trabalhos de lado para solucionar tais problemas para dar continuidade a este trajeto com a mente fresquinha, afinal qual foi o pior momento do blog?
Nunca tive algum pior momento. O único ruim foi que uma pessoa plagiou minhas publicações. Faz tempo e tudo foi resolvido calmamente.

Quem são suas inspirações? De onde partiu a ideia de ser escritor?
Eu quis ser escritora no momento em que, depois de muitos livros lidos, um personagem nasceu dentro de mim e pediu para que eu o desse vida. Eles se chamam Nicole e Nickolas, minhas primeiras criações. São histórias totalmente diferentes, mas que são minhas prediletas. Eu não me inspiro muito. A essência do personagem é criada por mim e apenas algumas cenas interessantes que vejo nas séries são acrescentadas nas histórias.

Primeiramente gostaria de parabenizar a todos e me desculpar por não acompanhar vocês até mesmo por falta de tempo, mas pelo que confiro volto a informar que são trabalhos admiráveis e merecedores de muito mais reconhecimento, enfim qual a parte favorita, ou melhor, mais divertida da função blogueiro/escritor (a)?
Na de blogueiro pra mim é conhecer pessoas com o mesmo gosto. Sabe quando você encontra por acaso com alguém na rua que está lendo seu livro favorito e aquele sentimento de ligação com a pessoa surge só por causa de um livro? É mais ou menos isso que sinto com os leitores do blog. Já como escritora é poder usar apenas sua imaginação pra criar outro mundo. Um mundo paralelo que você pode fazer e dar vida ao que quiser. É poder expressar sentimentos na escrita que você não consegue dizer, falar. Eu gosto muito de ambos hobbies. Me fazem muito bem! Obrigada pela entrevista, Danny. Você também é maravilhosa e merece todo mérito que ganhaste e os que vais ganhar!

Foram seis perguntas sobre meus hobbies de escritora e blogueira. Falei como entrei na blogosfera, como ganhei gosto em escrever estórias, minhas inspirações, meus melhores e piores momentos... Adorei participar! *-*-*

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FanPage: As crônicas de Wesley

"Um baiano inocente em um mundo pervertido contando crônicas baseadas em fatos quase reais." Wesley é um jovem desenhista talentoso que estuda eletromecânica na IFBA. Na sua fanpageAs Crônicas de Wesley, ele conta relatos da rotina de adolescentes, ou mini-jovens, como os denomina. Confira as melhores:


Clique na imagem para ampliar sua visualização.
E ainda tem muita tirinha engraçada lá, conheça todas. Estão no Facebook e no Twitter. ;)

Os 5 clipes que você já deveria ter visto #3

Antes de qualquer coisa eu gostaria de desejar um feliz natal aos meus queridos leitores. Que tenha muita fartura, risadas, paz e amor no seu dia! Finalmente estou em período de férias (na faculdade) e agora vai ter publicação todo dia - ou é o que espero. Eu sei que a maioria deveria estar esperando alguma publicação relacionada ao natal, mas isso não vai acontecer aqui. Só queria compartilhar essa mini playlist com as músicas que mais ouvi (repetidas vezes) em dezembro. Vamos nos preparar emocionalmente pra o monte de comida que nos aguarda? MELHORA TEU HUMOR! Confere aí, vai:

Selena Gomez - Same Old Love

Carl Rae Jepsen - Run Away With Me

Calvin Harris - How Deep Is Your Love (feat. Disciples)

Ellie Goulding - On My Mind

Hailee Steinfeld - Love Myself

Cultura brasileira: 5 cantores para apaixonados

Pra vocês não ficarem pensando que eu sou uma daquelas pessoas sem coração que acredita que tudo de melhor só tem no exterior eu criei essa categoria pro blog: cultura brasileira. Não sei se vocês perceberam, mas o blog está infestado de coisas internacionais: músicas, filmes, séries, livros e até palavras em outro idioma. E, nossa, quando eu vejo isso eu também me pergunto se eu realmente sou brasileira. Será que sou? Haha. Pra começar bem com esta nova seção do blog eu imaginei que alguém aí estava interessado em se afundar mais na paixão que sente pelo crush (tá vendo? como que para com essa mania, gente?!). Preparado pra se emocionar?

Clarice Falcão

Clarice é recifense (♥), cantora, compositora, atriz, roteirista e humorista. Ela canta canções de amor de uma forma bem especial - como o clipe indicado acima - com músicas de gênero indie, folk e mpb. Pra conferir mais do seu trabalho procura o álbum "Monomania" no seu perfil do Spotify. Amo a maioria das músicas desse álb…