PEQME: A menina dos olhos de pitomba

Estava no ônibus. Tinha pego o de 16h30 só pra não ter que ir com o motorista lento das 17h00. Havia umas cinco pessoas no máximo. Uma garota com a farda do GGE, um com a farda da Uninassau e outro com a farda da IFPE. As outras pessoas estavam sem farda, portanto presumi que todas já trabalhavam. Mas nada disso realmente interessa. 
Tirei meu livro da bolsa, coloquei meu óculos e minha expressão de séria. 
Eu estava concentrada, tentando estudar e gravar todas as atualidades e conhecimentos gerais, assunto pelo qual tenho mais desamor. 
"[...] o desenvolvimento tecnológico e, consequentemente, elevar a capacidade de produção. São inovações dessa etapa: a transformação do ferro em aço, mais barato e resistente; a ampliação das ferrovias e a invenção do automóvel e do avião; o desenvolvimento dos meios de comunicação, como o telégrafo e o telefone; entre outras".
Lia um trecho sobre a 2ª Revolução Industrial. 
Olhei de relance para a rua quando me deparei com uma garotinha dos olhos de pitomba, de pele morena com o cabelo curto cacheado preso, ela estava com sua cabeça escorada na janela de outro ônibus e olhava diretamente pra mim séria. Desviei o olhar, mas voltei a olha-la curiosa. O que será que ela quer? Dei-lhe um tímido sorriso e voltei para meu estudo. Voltei a olhá-la parar ver qual foi sua reação. Lá estava ela, com um sorriso me encarando. Dei-lhe um enorme sorriso, rindo da situação. Ela fez o mesmo e os ônibus se afastaram.
Eu sabia que não a veria mais. Mas dei-lhe o que ela tanto queria.
Tudo que a menina dos olhos de pitomba queria era um pouquinho de atenção.
Entenda sobre o que se trata o Projeto PEQME clicando aqui.